29/09/2017

O esquecimento do eterno presente

O planeta Terra é um lugar de purificação para a maior parte da humanidade que o habita, porém ele está povoado de inconscientes que fazem tudo oposto às leis divinas. O mundo é bom assim como está, mas como os homens agem só através do ego e da mente pensante, semeiam a desarmonia, a malícia e a perversidade. Com isso preparam maus dias para si mesmos no planeta Terra. Eles recolherão o mal que semeiam. 

Os homens passam a maior parte do tempo querendo imaginar o porvir, lembrando passados que nunca existiram, ansiando pelo amanhã que nunca chega, esquecendo o eterno presente. E assim é que se autoenganam durante ciclos imensos. Muitos falam da Verdade que eles mesmos não vivem e não respeitam quem a segue. Milhares e milhares já mataram e morreram em defesa de verdades que não são e que nada têm a ver com a Verdade Suprema. A falsa verdade que professam não merece nenhuma consideração, porque aquilo que honram publicamente renegam em seu íntimo.

Só existe uma opção para a humanidade da Terra poder libertar-se da inconsciência espiritual: seguir o caminho da Verdade Suprema. É preciso desfazer o erro inicial, que é a mente pensante, para que tudo seja visto claramente. É preciso repelir o tenebroso labirinto dos dogmas e fazer resplandecer o amor supremo. É preciso conhecer os princípios da Fraternidade Universal. Só assim é possível à humanidade terrena libertar-se das densas trevas que a encobrem porque a eternidade do amor supremo torna impossível a eternidade do sofrimento. Além disso, a justiça divina somente será honrada em todos seus aspectos quando os homens forem capazes de compreendê-la e senti-la. A justiça é o amor, e o amor é a plenitude divina.



Fonte: livro - Ser
                       Sri Maha Krishna Swami

Nenhum comentário: