18/07/2015

Há um pássaro que canta 
No peito de cada homem
E de cada mulher

Poucos conseguem vê-lo:
Sua cor jamais perde o brilho,
Sua figura é sem forma
E ele vive sobre a proteção de Nam.
Sempre que lhe é permitido, ele voa,
Porém, não se sabe de onde vem
Ou pra onde vai.

Muitos tentam prender o pássaro,
Fazê-lo calar na noite da inconsciência,
Mas mesmo a noite mais longa
É seguida pelo alvorecer.

Liberte o peito das amarras inexistentes,
Estenda os braços para o azul infinito
E devocione o Som Sagrado
Voe com a doce Param Bhakiti
E experimente a liberdade 
De ser apenas o Ser:


Fonte: Livro - O Círculo de Luz.
            Sri Maha Krishna Swami
 




Nenhum comentário: